Seguidores

Capitulos

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Capítulo 46

Eu agradeço muito mesmo muito todos os comentário, obrigada.


Depois do que ouviu Greg bateu com o punho na mesa, fazendo os pratos tremerem em cima da mesma.
Greg: Eu não acredito nisto. – Disse grossa mente.
Vanessa: Pois pode acreditar, é a verdade. – Falou calma.
Greg: Mas o que é que tu tens na cabeça?
Vanessa: Cérebro, pai, o cérebro. – A sua maneira calma de falar já estava a começara a irritar Greg.
Greg: A mim parece me mais que a única coisas que tens na cabeça é aquele rapaz?
Vanessa: Isso também…
Greg: E tu… algumas vez pensas em ti?
Vanessa: É por pensar em mim que estou com ele.
Greg: Não isso é um absurdo…- Se levantou agarrando Vanessa pelo braço.
Gina: Greg. – Gritou. – Dês larga, imediatamente o braço da tua filha. – Ele olhou para a Vanessa e viu lágrimas esta a magoa-la, soltou-a virou se para a mulher.
Greg: Eu sou teu, marido será que estás sempre contra mim?
Gina: Eu não estou contra ti, não sei o que nos últimos dias te leva a pensar que sim.
Greg: É o que eu sinto.
Gina: O que tu sentes está errado. – Eles falavam bem alto.
Greg: Será?
Gina: O que queres dizer?
Greg: É melhor não falar…- Ele voltou se a sentar.
Gina: Não, fala, eu quero saber o que me tens para dizer.
Greg: Não é altura…- Olhou par as filhas. – Vamos comer.
Stella: Estou sem fome. – Saio da mesa e correu para o quarto.
Vanessa: Viram o que fizeram? – Saio da mesa indo tendo com a irmã que estava na sua cama encolhida.
Stella: Ultimamente só discutem. – Falou ao sentir a irmã abraça-la.
Vanessa: Eu sei.
Stella: Mas o que se passa, achas que se irão divorciar?
Vanessa: Calma, isto são coisas normais entre os casais, passa.
Stella: Achas mesmo?
Vanessa: Acho. – Disse com pouca segurança, nem ela sabia se o casamento dos pais tinha mais caminho, mas naquele momento tinha que tranquilizar a irmã, decido ficar pelo quarto dela fechado a porta para não ouvir mais gritos.
Já com Zac a situação era diferente, ele entrava feliz da vida em casa até que o seu pai o chamou.
David: Por onde andaste até estás horas? Temos visitas. – Disse levando o uísque á boca.
Zac: Estava ocupado por isso cheguei tão tarde, mas quem são as visitas?
Dylan: A Avril, minha namorada e a sua amiga. – Comunicou descendo as escadas com Avril de braço dado.
Zac: Quando falas a amiga referes te a…
Hillary: Zac? – Ela saio da cozinha com Starla e praticamente pulou em Zac.
Zac: Olá. – Se afastou dela. – Mãe o jantar está pronto.
Starla: Sim só te esperávamos.
Zac: Ok então vou só lavar as mãos. – Ele subiu a correr, e quando desceu juntou se á família e convidados na mesa.
David: Ainda bem que te juntaste a nós. – Falou para Zac com uma arrogância.
Hillary: Bem ouvi dizer que o Zac vai para Paris estudar é verdade? – Tentou quebrar o ambiente pensado que tinha ficado e Zac até agradeceu pelo gesto.
David: Verdade, uma das melhores Universidade, mas também ele um dia será o dono das empresas que já passaram por muitos homens da minha família… será uma grande responsabilidade. – Mandou o olhar furtivo a Zac, e Zac não dizia, nada sabia que o pai estava um pouco tocado pela bebida, aparentemente era um mal de família que já tinha apanhado Scott.
Avril: Impressionante, pelo que li essas empresa são enorme…
David: Gigantes, crescem de anos para anos.
Dylan: Eu um dia também vou ter direito a uma parte da empresa. – Disse para deixar Avril impressionada.
David: Mas ainda te falta muito. – Falou isto só para rebaixar um filho parente a namorada.
Starla: Zac…- Rematou mudar de assunto. – Por onde tens andado?
Zac: Com a Vanessa tenho estado com ela.
David: Oh o amor, o amor. – Falou irónico.
Zac: Sim, pai, o amor, o amor…- Disse no mesmo tom para gozar. – Aquele que eu sinto pela Vanessa faz me esquecer tudo, a primeira é você, a menos difícil.
David: Que queres dizer pirralho? – Seus olhos escureceram der repente Zac acreditaria que o pai lhe iria bater.
Dylan: Pai passa me o sal…- O chamou. – Pai? – Falou um pouco mais alto e David finalmente o olhou.
O resto do jantar foi silencioso só David por vezes falava, Dylan sentia uma raiva por o estar a envergonhar. E o mesmo continuou quando passaram para a sala de estar para beber o sei café.
Avril: Com tanto dinheiro sempre pensei que fosse mais bem-educado. – Sussurrou para Hillary, estava num canto de um sofá, fazendo que ouvia David.
Hillary: É o senhor David, é grosso, e um pouco bêbado.
Avril: O que vens no Zac?
Hillary: O que só uma rapariga como tu sem classe não vê, ele é lindo, e rico. – Sorrio para Zac, mas ele mal a olhou.
Avril: Acho que a expressão, rico foi a mais acentuada pela tua voz…- Hillary não respondeu, até porque era verdade. - Podes parar de olhar para ele, tem namorada, que ama.
Hillary: Eu sei que ele a ama.
Avril: Então como pensas dar lhe a volta. – Hillary suspirou.
Hillary: Será que te tenho que te explicar tudo…- Olhou para a cara de Avril, e por sinal sim tinha que explicar. – Querida, vê se entendes o Zac vai estudar para Paris, a mesma universidade que eu.
Avril: E?
Hillary: E que ele vai sair daqui desconsolado por deixar o amor para trás e adivinha que lhe vai dar um ombro amigo.
Avril: És mesmo uma cobra.
Hillary: Muito inteligente diria. – Sorrio como se já tivesse ganhado algo.

5 comentários:

  1. Essa Hilary já está a tramar alguma...
    Era bem feito que o Zac não fosse para Paris e ficasse com a Vanessa
    Tá lindo o capítulo :)
    XOXO

    ResponderEliminar
  2. putz essa hilary ta contando vitoria antes do tempo toma q o zac de um fora pra ela nunca mais esqece,mais e o pai da van vai aceita o namoro dele e da van? tomara q sim ele tava bem nervosinho hen kk cap mtoo bom parabens

    ResponderEliminar
  3. Caracaa
    A Hilary e uma VACA mesmo,ne
    Credoo
    Cap muito bommm
    Isso aii Zac.
    Responde ao Senhor David igual ele fala contigo.
    ]isso e uma conspiraçao de pais...
    Bjss Posta logo

    ResponderEliminar
  4. Ai que ódio dessa cobra e do David!
    E do Greg tbm!Não podia esquecer dele!
    Cap perfeito!
    Posta logo
    Bjos amorê

    ResponderEliminar