Seguidores

Capitulos

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Capítulo 45 Dedicado a Edyh_2012


Dedicado a Edyh porque, ela está sempre lá a comentar, e apoiar-me, e assim eu lhe agradeço J
Vanessa continuou de rodas de todas a fotografias que guardava á anos. Mas a próxima que veio, era aquela que iria direto ao caixote do lixo.

Ele poucas vezes sorria aquela imagem era rara, mas ela não quis saber a deitou fora, só de lembrar que ele tentara provocar lhe o aborto criou lhe um enorme odio. Não por ela mas pelo filho que carregava, ela sabia que o mundo não era cor-de-rosa, mas nunca quis acreditar que podias chegar a ser tão perverso, ao ponto de uma pessoa ter aquele tipo de atitudes. Mas agora não importava mais, até porque a pessoa que veio a seguir merecia um lugar numa das molduras de casa, por tudo o que era, para ela.


Naquela altura ele era bastante mais novo, agora tinha 36 anos, e já se notava por alguns cabelos brancos que nascia na barba. Ela sabia que o amor não tinha idade, mas ao pensar naquele momento nisso sentiu algo estranho dentro dela. Afinal ela vai ser muito mais jovem sempre, ele vai envelhecer mais rápido, muitos homens vão olhar para ela, e pelo lado do homem mais velho vai criar mais ciúme. Mas era mais uma das coisas que ela não queria importar agora, afinal estavam juntos naquele momento, logo depois não se sabe. Continuou de roda da caixa que apenas continha agora uma t-shirt, ela não fazia a mínima ideia a quem pertencia até cheira-la. Era de Zac, aquele cheiro de perfume caro era inesquecível, ele sempre tinha sido requintado e vaidoso. Mas por lembrar dele viu que a fotografia dele não estava naquela caixa, nenhuma das centenas dele que ela tinha. Não sabia porque mas o seu coração disparou chegou a virar a caixa ao contrário, mas nada. Levantou se andou á roda do quarto para ver se estava caída no chão, mas não. Até que olhou para o armário e viu a caixa verde, verde de esperança, de nunca se esquecer ou perder quem estava ali. Ela pegou e abriu, no meio daquilo tudo tantos objetos e imagens das amigas da família, estava uma moldura, aquela que ela procurava.

Vanessa: Charmoso como sempre, encantador, apaixonado, romântico querido fofo…- Rio ao lembrar, principalmente durante o verão, a primeira vez que ela lhe tida dito como o achava gato, tudo por causa de um ciúme bobo.
 “Vanessa. Estás me, a perguntar se ele é bonito, é isso? – Uma conversa por ciúmes de Chace tinha começado, Zac estava fulo de raiva.
Zac: Sim, acho que é isso. – Algo que Vanessa não tinha costumo de ver era ele cruzar os braços, pedido explicações.
Vanessa: Se queres saber sim é bonito… -A cara dele tinha mudado de repente criando certa agustia virou de costas para ela, fazendo a rir, agarrando por detrás. – Mas tu és muito, mesmo muito melhor. – Ele se vira e ela o beija. – Se queres saber nunca tinha conhecido alguém com a tua beleza. – Ela se volta a encostar almofada.
Zac: Tu achas-me assim mesmo tão bonito?
Vanessa: Sim, tens uma cara e um corpo perfeito, fazes me sempre lembrar um deus grego. – Ele se aproxima se deitado se ao lado dela.
Zac: Tu também és uma mulher muito, bonita e sexy. – Ela o beija.
Vanessa: Obrigado pelo elogio amor.
Zac: Não fui obrigado. – Ele a beija, e de beijo a beijo já estavam um em cima do outro, na maior cena de amor.“
De facto ele era bonito, e perfeito, mas e depois? Não era isso que importava, ela amava o pelos seus atos, por ele ser perfeito como pessoa, por ser tão feliz que a fazia feliz. Pelo seu sorriso pela sua voz, ela amava o por ele ser apenas ele mesmo, e tornar o seu mundo num dos mais bonitos. Mas isso não fazia mais sentido agora, ele não fazia mais parte da sua vida, e tinha que deixar certas coisas para detrás. Mas já que era pai do seu filho ela queria que ele, o conhece se, por isso a moldura ia ficar no quarto do bebe.
Vanessa: Fica a saber que vai para um quarto, muito especial, o do teu filho. – Sorrio sentido que a moldura tinha algo detrás, a virou. – O que é isto?- Tirou a disquete que estava colada. – Coisa velha, mas o que terá? – Foi até ao computador, colocando a, pode ver a pequena imagem que continha.

As repetições das imagens passaram várias vezes em frente dos olhos de Vanessa, o que a fez apagar logo o computador.
Vanessa: O passado é, paras os museus. -Tirou as várias caixas que tinha no armário, deixando apenas a família e amigos ficarem dentro de duas. – O, futuro um sonho. – Pegou nas caixas não guardadas e respirou fundo. - O presente, uma realidade. – Saio pela porta de casa disposta atirar aquelas memórias para o lixo. Mas por azar quando chegou perto da porta vinha Zac a entrar chegado de viagem.

Ele ainda não a tinha visto ela olhou para os lados, mas não havia esconderijo possível, tentou esconder a caixa; mas a onde? Tanta atrapalhação fez com que deixa se cair tudo no meio do chão, chamando mais a atenção de Zac que se aproximou para ajudar.
Vanessa: Deixa estar. – Pediu mas Zac impedi-o a de ser ela a baixar-se.
Zac: Ias deitar isto fora? – Perguntou pegando na antiga e velha blusa.
****
A historia está acabar é verdade, e segredos vão ser desvendados e escolhas feitas, querem saber quais? Leiam o próximo capítulo.
                                  Respostas aos comentários J
Agradeço a quem carrega nos pequenos quadrados; Obrigada.
Edyh_2012: Bem, historia vai, historia, vem, e a hora de contar o segredo de Ashley aproxima se, paciência…; Obrigada por comentares.
-lin£: Ai meninas, estou a ver que a Ashley vós deu a volta á cabeça, já tiveram mais longe de saber o que se passa, é o que posso dizer; Obrigada por comentares.
Margarida: Obrigada por comentares.
Stephanie_95_7: Obrigada ainda bem que gostaste.
.Paula: É o Zac e Vanessa estão sem qualquer tipo de proximidade, mas não se pode esquecer que ela esta gravida dele; Obrigada por comentares.
Laura: Na verdade, as avestruzes não enfiam a cabeça de baixo da areia apenas abaixo até aos seus pés, fazendo parecer isso, mas percebo o que queres dizer, Zac está afastado e medroso parente Vanessa, isto vai dar uma grande volta; Obrigada por comentares.


6 comentários:

  1. Hum..
    A V está mei confusa, mais ainda não equece o Zac..
    Que pena que a fic tá acabando..
    Adoro ela..
    Posta logo Maggie!

    Xoxo ♥

    ResponderEliminar
  2. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
    É sempre assim!Quando a gente não quer que uma coisa acontece, ai parece que tudo conspira contra vc!
    Amei amei amei o cap!
    Acho que ainda tem volta para Zanessa!
    Posta logo
    Bjos amorê

    ResponderEliminar
  3. Amei o capitulo
    Parece que o Zac nao ficou muito contente por ver que ela ia deitar as coisas dele fora
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  5. AMEII O CAP!!!
    E agora hein Vanessa?
    Qual vai ser a desculpa da vez?
    Caramba quanto mais historia passa, mais eu acho dificil uma nova aproximaçao de Zanessa.

    MUITO obrigado pela dedicaçao...
    So digo pq é e faço pq mereces.

    Posta logo PFPFPFPFPFPFPFPFPF
    Kiss

    ResponderEliminar